sábado, 18 de agosto de 2007

Panorama de Palavras


Vejo o mundo como palavra.
E Tudo é frase, verso, vida.
Palavras enxergo em tudo
Ouvi-las é conhecer o mundo.

Palavras que vejo nas coisas...
Ouço-as nas coisas,
Vejo-as como elas são.

Letras juntas, código divino,
Linguagem, e – Fiat
Fez-se palavra concreta
De significados completa.

Contexto (in)verso, realidade crônica.
Sentimentos expressos
Rápidos de dizer,
São movimentos internos
Impossíveis de conter.

Língua deste mundo
Mudo que brinca
Co’a frase, co’a vírgula
E ponto final.

Um comentário:

THIAGO BORGES disse...

METALINGUAGEM... VOCÊ UTILIZOU AS PALAVRAS PARA FALAR DELAS PRÓPRIAS... GENIAL!!