sábado, 25 de agosto de 2007

Na biblioteca

Picasso. Mulher lendo 1935

Para Luciana


Entre livros e linhas
vai a saia de linho.
Branca, leve, rodada,
da moça malvada
que não olha pra mim.

De caderno nos braços
uma ruga no rosto
só pra ver o código
deste livro que queres.

Assentada à mesa
com os olhos vidrados
nestas páginas beges
algum poema tu lês.

Mal sabes que te olho
vejo tua figura
que leve flutua
na biblioteca.

Um comentário:

THIAGO BORGES disse...

vc ta polemico, hein...

mandei por esse texto por e-mail e obtive varias respostas...

mto bem!